Parece que ano que vem teremos investimentos além-do-futebol e a área cultural deve ser contemplada com abertura de vagas no Ministério da Cultura e em várias autarquias ligadas a ele, como a Funarte, a FNB e o Ibram.

O pedido tramita desde maio desse ano no Ministério do Planejamento e deve sair do papel em 2015, dada as promessas de investimento da presidente Dilma e da pressão desse setor sobre o Governo. Os salários variam de 3 a 7 mil reais e contemplam técnicos e graduados.

Percebo um forte avivamento dos encontros, seminários e cursos do setor museológico e artístico e anseio pela aproximação e apreço do público brasileiro pela arte. Acredito que em 2015 teremos muitas ferramentas para disponibilizar esse crescente acesso tão necessário para abrir as mentes de jovens e antigos e fugir da realidade, ao enfrentá-la para torná-la melhor, pois esse é o real papel da arte contemporânea, se ela tem um, a habilidade de fazer pensar, criticar e, principalmente, reagir.

beijocas.

Fonte: Concurso virtual