A quarta edição do evento que consolida e aproxima os parceiros virtuais do Carioquíssimo (uma rede de relacionamento com mais de 100.000 seguidores) bombou o estacionamento do Planetário da Gávea no último final de semana.

Com um ar blasé típico da Gávea, as barraquinhas de madeira se espalhavam em fileiras. A área de alimentação descoberta foi separada das pequenas lojinhas cobertas por um grande toldo.

Bem na entrada, encontramos um biombo modernoso da colab55 com uma provinha do trabalho curatorial ousadíssimo típico deles. Ganhamos um link com desconto no frete pra futuras compras. Pra quem não conhece, a colab55, a partir de trabalhos enviados por artistas independentes, faz uma curadoria dos que combinam mais com o estilo descolado deles (mas as opções são muuuuitas pra todos os gostos) e transformam a arte em produtos que vão de almofadas a canecas, sem dispensar um bom e “novo” quadro.

Em meio a muitas lojinhas de roupas, sapatos e acessórios tipicamente cariocas, me chamaram a atenção a carbo, que faz corte e gravação a laser em madeiras reaproveitadas (até o cartão deles é em madeira gravada) contando com homenagens ao Rio, aos Beatles e, inclusive, uma caixa de propagação de som que não usa nada além da física e um toque de bossa com capinhas de plástico coloridas. Tudo isso Designed in Rio, como eles mesmos fazem questão de frisar. A Design Abéça, por sua vez, faz peças em acrílico, MDF, paredes e luminárias redondas que me piraram. Eles são de SP, e provam que ainda existe muito amor pro lado de lá sim.

No quesito produtos, a grande vencedora do meu coração foi a arquiteta Viviane Bouçós que mantém, por amor, a casa com gato, que produz almofadas, ímãs e quadrinhos com um toque naïf e preços bacanas de gatinhos nada convencionais, mas muito interessantes e lindos. Perfeitos pra decorar as casas com gatos mais modernas como as nossas.

Confesso que me dediquei mais à parte de comidas e tudo que provei estava absolutamente delicioso. Agora vou descrever as atividades como nós, pois tudo isso compartilhei com o Vinicius, meu amor e administrador do blog comigo.

Começamos, é claro, pelas bebidas, com o chopp Session Ipa Nema dos 3 cariocas, bem encorpado e marcante, combinou bem com o dia quente de domingo. Em seguida, provamos a Fraga e a Donna Ruth direto dos tonéis do Beer 21. Infelizmente a Three Monkeys acabou antes que pudéssemos testar, mas eu já ouvi maravilhas sobre essa cerveja. As outras duas também são produzidas no Rio e não ficaram pra trás em sabor e frescor. Comemos um sanduíche com polpettone (mas a fome era tanta que nem pegamos cartão ou tiramos fotos…uma pena!) com pesto que estava indescritivelmente gostoso. Rolou também um arrozinho com costela do Ribz que fez a nossa cabeça. Pra fechar, comemos os Brownies Mágicos da Vanessa Alexandrina num copinho com doce de leite argentino e calda de chocolate. De parar o coração, mesmo.

A única decepção ficou por parte do Printgram, o principal motivo pra irmos à Feira (um de serviço que imprime a foto que você posta do evento no Insta) mas, não achamos o dito cujo, talvez porque tenha rolado só sábado, ou não procuramos no lugar certo… (A produção do evento me procurou e explicou que estava em outro corredor com acesso ao jardim gastronômico, mas me prometeram que vai rolar da próxima vez também, então, é só esperar…)

Enfim, a feira foi linda, inspiradora e saímos de lá com as barrigas e as cabeças cheinhas de delícias e ideias. Brigadão, Carioquíssimo, foi inesquecível!

Beijocas!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Serviço:

Carioquíssima #4 – 13 e 14 de junho no Planetário da Gávea.