Buscando reduzir a evasão e os baixos índices de satisfação com as escolas de Nova York, a ONG Institute of Play desenvolveu uma forma de educação por meio de jogos. Isso mesmo! O Quest to Learn (Q2L) é um modelo de aprendizagem baseado em games. Quer entender melhor?

Partindo dos princípios que games são colaborativos, nos ensinam a perder e a ganhar, a criar e a construir, nos tornando ativos, ao invés de meros receptores de informações, o método incentiva o aluno a criar e a realizar tarefas de maneiras variadas, respeitando suas capacidades, habilidades e deficiências, permitindo a tentativa e o erro, a busca contínua.

Existem 7 princípios para o aprendizado baseado em jogos:

 

  1. Todos são participantes.
  2. O desafio é constante.
  3. O aprendizado vem de forma ativa, experimental.
  4. O feedback é imediato e constante.
  5. O fracasso faz parte do caminho.
  6. Tudo está interconectado.
  7. Parece até brincadeira.

Sempre destacamos a importância do acompanhamento das formas de ensinar e aprender com a realidade que vivemos. O mundo com carteiras, mera passagem de conhecimento e ordem e disciplina na sala de aula não existe mais. A ordem vem da desordem, o caos gera conhecimento, percepção e desenvolvimento. Precisamos bagunçar mais, pra ordenar melhor.

Que tal criar seu próprio game? Aqui você encontra as ferramentas para montar seu kit de jogos.

 

Saiba mais sobre as escolas inovadoras pelo Brasil em outro artigo nosso.

 

Referências: