Esse é o Matias, ele escolheu o boneco Finn, do Star Wars porque, dizendo ele “ele é pretinho igual a mim”. Isso é identificação. O Matias sentiu o que centenas de crianças sentem ao ter um boneco parecido consigo, representatividade. E isso é tão importante e necessário para construção do caráter e da personalidade de um indivíduo saudável, que a gente resolveu fazer um artigo dedicado ao Matias.

Essa foto foi tirada por sua mãe, a historiadora Jaciana Melquiades, que a postou no Instagram e, em poucos minutos, tinha mais de 400 curtidas, em alguns dias, 30 mil. Lindo! E daí vemos a importância de ter outros tipos de representatividade, como bonecas guerreiras, como a personagem Rey, do mesmo filme, que é uma das heroínas da história e um grande exemplo de uma mulher que não precisa de salvação de nenhum príncipe mocinho…

rey

Nos causa muita alegria perceber que o entretenimento está acompanhando as mudanças da sociedade e retirando das mulheres o papel de perseguidoras de homem, desesperadas por casamento e competitivas umas com as outras.

representatividade

Outro bom exemplo é o filme “Cada um na sua casa” de Tim Jonhson, que tem como protagonista uma criança negra (representada por ninguém menos que a poderosa Rihanna). , Ou, ainda, “Cara Gente Branca”, uma sátira ferrenha ao pensamento politicamente correto e condescendente em relação aos negros. Inclusive, Justin Simien, o diretor, escreveu um tocante discurso a respeito:

Eu comecei a escrever esse filme há uns 10 anos como um impulso porque eu não via realmente minha história na cultura. Eu não via eu mesmo refletido nos filmes que eu amava (…) Eu tentei me colocar na cultura. Isso pode ser difícil quando não tem realmente nada aqui dizendo que você pertence a ela (…) Se você não se vê na cultura, por favor, se coloque lá, porque nós precisamos de você. Nós precisamos ver o mundo pelos seus olhos.

Enfim, muita felicidade em saber que as novas gerações terão diversos tipos de filmes e entretenimento que as entende e representa. Que a Força esteja com vocês.

finn starwars

Referências: