Um guia básico para quem quer dar aquele UP no instagram.

Fotografar é capturar luz de forma artística, do grego, φως [fós] “luz”, e  γραφη [grafê]  “desenhar, escrever”, portanto, escrever com luz. E, como o lápis escreve no papel, na câmera (analógica) a luz é escrita no filme. Pra entender melhor, veja esse vídeo sobre a câmera obscura.

Claro que as câmeras digitais funcionam um pouco diferente, mas o princípio é o mesmo, assim, uma boa foto pede boa medição de luz, mesmo que você queira estourar ou reduzir a luz como efeito. Hoje, usamos o automático e deixamos o celular fazer tudo isso sozinho.

Mas, se você quer aprender a lidar com a câmera e usar todos seus recursos, pode começar com esses passos:

GRID

Use a grade (grid) e busque harmonizar os elementos na cena, respeitando as linhas e enquadrando melhor . Mas, não precisa se limitar, pode colocar abaixo, acima, no meio, a cena é sua, o olhar é seu. Apenas respeite a linha do horizonte e não tire fotos tortas, você vai perceber como elas ficarão mais interessantes.

 

FOCO

Usualmente no automático, o foco é, nos celulares, aquele círculo ou quadradinho que a gente movimenta pra escolher qual o destaque da nossa cena.

 

ISO

O ISO, por sua vez, diz respeito ao ambiente a ser fotografado, caso ele seja mais luminoso e aberto, a marcação deve ser 100 ou 200 e, ir crescendo de acordo com a luminosidade reduzida dos espaço. Assim, quanto mais escuro, maior o ISO.

 

FOTOMETRIA

No modo manual, devemos fazer a fotometria, ou seja, escolher a velocidade e a abertura corretas para a foto que desejamos. Essa combinação permite, além de fotos usuais de objetos parados, fazer alguns truques e brincadeiras.

 

VELOCIDADE DO OBTURADOR

 

O obturador é uma espécie de cortina que, com sua abertura, determina o tempo de exposição do filme à luz, logo, quanto mais rápida, mais escura a foto. Usualmente, a velocidade vai de 30 a 1/8000 segundos.

Caso você deixe mais tempo aberta, pode criar efeitos como  da foto acima, mas precisa de um tripé pra não ficar tudo desfocado. O menor movimento, já borra a captura.

 

ABERTURA DO DIAFRAGMA

Como vimos, a câmera deve deixar entrar luz o suficiente para que o filme seja marcado, ou a foto seja feita. Quanto mais aberto o diafragma é, mais luz entra.

Os valores de abertura são chamados f-stop e são uma escala padrão: 1, 1.4, 2.8, 4, 5.6, 8, 11, 16, 22, 32, 45 e 64). Como quase tudo na câmera, menos é mais, então, quanto menor a numeração, maior a abertura.

 

Com essas dicas, você vai conseguir usufruir de uma câmera analógica ou testar o modo manual da sua câmera digital. Há diversos outros recursos, teorias e informações a descobrir. Que tal?

 

REFERÊNCIAS E INDICAÇÕES
Dicas, brincadeiras e loucuras fotográficas pelo Manual do Mundo

Estamos apaixonad@s pelo Manual do Mundo, certamente umas das páginas mais interessantes do Youtube, não só ensinam a fazer, como explicam os porquês e processos. #sinestesiaindica

Apostila Fotografia Básica do Pronatec

Bem desenvolvida e bem feita, repleta de conteúdos que vão da base da fotografia ao seu uso publicitário, abrangendo tanto a parte técnica quanto artística e teórica. Vale o download pra pegar conceitos básicos e relembrar algumas coisinhas de vez em quando.

Módulo Básico de Fotografia

O site é um pouco apelativo, mas é separados por tópicos e de fácil consulta, sem precisar baixar.

picturetakin

 

 Tem sugestão de artigo, algo que você quer saber ou entender melhor? Escreve pra gente, ou manda vídeo, gif, sinal de fogo, o que preferir… Beijos!