O projeto de duas jornalistas que começou como uma fuga das selfies e se tornou um bom negócio.

Cansada de tantas selfies, Paola Carvalho começou a fotografar belos pisos por onde passava. Em pouco tempo, a #chaoqueeupiso começou a se propagar e as pessoas a marcavam em fotos por todo o mundo. Ela começou, então, a pesquisar a história dos locais e respostar com pequenos textos.

chao1

 

Raíssa Pena, jornalista e designer, se uniu ao projeto e a ideia rendeu parcerias que se traduzem em produtos como cadernos e embalagens com os intricados mosaicos e pisos que elas agora dispõem como acervo.

Chão Que Eu Piso é uma página de instagram que se tornou uma boa ideia pra deixar o mundo mais belo, sensível e perceptivo, fazendo com que as pessoas prestem mais atenção ao que está do lado de fora e aos detalhes. Com mais de 5269 (hoje) compartilhamentos, a #chaoqueeupiso não veio a passeio e é uma iniciativa que o #sinestesiaindica e parabeniza.

Pelo site, você adquire pôsteres e cadernos personalizados e pode aprender mais sobre ladrilhos e pisos do mundo inteiro.

REFERÊNCIAS E INDICAÇÕES