O inverno chega e, com ele, a vontade de substituir o mar gelado carioca por uma boa exposição de arte. Todas gratuitas, claro. Vamos a elas?

1. Luiz Sisinno – Amores instantâneos

luiz sissino

Luiz Sisinno apresenta um projeto que combina fotos antigas com textos retirados do aplicativo Grindr. Sobrepondo passado e presente, a mostra busca uma inusitada intervenção temporal que interpela o nosso olhar na junção entre imagem e texto.

Curadoria: João Luiz Vieira

  • Centro Cultural da Justiça Federal
  • terça a domingo, 12h às 19h

2. Felipe Fittipaldi – Morada do Caboclo

felipe fittipaldi

Na exposição Morada do Caboclo, Felipe Fittipaldi apresenta um estudo imagético sobre o atual contexto das populações tradicionais do semiárido baiano diante do êxodo juvenil e da modernização, resultando no isolamento de seus membros incapazes de incorporar novas práticas contemporâneas. O fotógrafo se emociona com as histórias dos personagens e busca nos trazer, poeticamente, para dentro desse território de brasilidade e afeto.

Curadoria: Marco Antonio Portela

  • Centro Cultural da Justiça Federal
  • terça a domingo, 12h às 19h

3. A Lesson Loosely Learned

Galeria Cavalo

Com apenas dois anos de existência, a Galeria Cavalo já é vencedora de prêmios em feiras de arte mundo afora. Envolta por uma aura de minimalismo e sutileza, exibe, durante junho e julho, exposição coletiva A Lesson Loosely Learned com obras de Basim Magdy (Assiut, Egito, 1977), Pablo Pijnappel (Paris, França, 1979), Rafaël Rozendaal (Amsterdam, Holanda, 1980) e Thora Dolven Balke (Oslo, Noruega, 1982).

Entre paródias pessimistas de vídeos educativos e polaroids imperfeitas, a mostra se coloca como um “guia sugestivo para o mundo, uma lição de vida não literal, anotada e borrada na palma da mão”, ocupando toda a galeria-casa, por vezes, de maneira inesperada, escancarando suas privacidades, com vídeo-instalações satirizando as posições conservadoras de gênero e sexualidade dispostas na cozinha e até no banheiro enquanto espécies de haikus contemporâneos expõem as banalidades da era digital sobre tons pastéis dispostos como livros abertos pelas paredes.

  • Galeria Cavalo
  • terça a sexta, 12h às 20h
  • sábados de 13h às 17h

 

4. Olha Geral

olha geral

A exposição Olha Geral é uma tradicional exposição dos alunos do Instituto de Artes da UERJ que acontece todo ano. Na edição desse ano os trabalhos em exibição serão uma homenagem à vida e arte de Matheusa Passarelli.

Curadoria: Maria Moreira, Renata Gesomino e Tamara Quírico

  • Galeria Gustavo Schnoor
  • segunda à sexta, 10h às 19h

5. Domingos de Sol

domingos de sol

A exposição abre diálogos através de diferentes passagens do tempo nos bairros tocados pelas águas da Baía de Guanabara. Apresentando mudanças no convívio entre moradores e visitantes de localidades como Ramos e Ilha do Governador revela, por meio de arquivos históricos, imagens reanimadas do subúrbio e suas manifestações sociais.

Estão lá os trabalhos de Marcia Farias, Elisângela Leite, Rosilene Miliotti, Bira Carvalho, Francisco Valdean e Veri Vg. Concomitante a esta montagem, outra mostra estará em exibição no Museu da Escravidão e da Liberdade, na Zona Portuário do Rio, de 23 de junho a 23 de agosto.

Curadoria: Alexandre Silva e Jean Carlos Azous

  • Galpão Bela Maré
  • terça a sexta, das 10h às 17h
  • sábados de 11h às 17h

6. Junho de 2013: 5 anos depois

junho 2013

O histórico movimento popular que tomou as ruas do Rio e de diferentes partes do país em protestos anos atrás, abriu frestas para a equipe curatorial do HO pensar este projeto expositivo. Estão representados artistas que comentam, via diversos meios, sobre política, ocupação do espaço público, feminismos e outras causas emergenciais.

A exposição conta com: Ana Hortides, Adeilma Costa, Aleta Valente, Alex Frechette, Alice Ferraro, Atelier Sanitário, Bárbara Szaniecki, Beatriz Lohana, Camilla Braga, Carine Caz, Cecília Cipriano, Cyanogaster Noctivaga, Daniele Machado, Davi Marcos, Emilia Estrada, Guga Ferraz, Gustavo Speridião, Isabelle Cesário, Ivan Grilo, Jéssica Kloosterman, Jéferson, Juliana Notari, Leandro Vieira, Marcela Cantuaria, Marina Florindo, M.I.A, Nelson Almeida, Pablo Meijueiro, Seus putos, Tavarez, Thiago Ortiz, Vô Pixa Pelada e Philippe Valentim.

Curadoria: Daniele Machado e Gabriela Lúcio

  • Centro Municipal Hélio Oiticica
  • terça a domingo, 11h às 18h

7. Corpo a corpo: A disputa das imagens, da fotografia à transmissão ao vivo

corpo a corpo

Reúne os fotógrafos Bárbara Wagner, Jonathas de Andrade, Sofia Borges, Letícia Ramos, o dueto Garapa e a agência independente de notícias Mídia NINJA.

Unidos pelo fio do retrato, os artistas convidados se colocaram a pensar sobre o quadro social e político de um passado bastante recente do Brasil. Comentam o espaço público e privado bem como os possíveis conflitos habitantes destes locais.

Curadoria: Thyago Nogueira

  • Instituto Moreira Salles
  • terça a domingo, 13h às 19h

Temos uma nova parceria, produzindo conteúdo para Artikin, um ecossistema de curadoria cultural que conecta a comunidade admiradora de arte a experiências de aproximação com este universo.

Artikin conta com uma agenda em movimento, guia cultural que coloca as exposições que estão prestes a sair de cartaz no topo da lista e que você pode baixar aqui.

Experimente arte pela cidade, se aproprie dos espaços culturais. Circule pela cidade!